Exper News - Comportamento

Comportamento

 


Autoconhecimento é tão importante quanto o diploma

por Liliane Fernandes

]

Ter autoconhecimento significa saber das suas capacidades, habilidades e atitudes.

O primeiro passo para buscar o autoconhecimento é saber quem você é. Muito além do seu diploma, dos cursos concluídos e dos locais em que trabalhou, é preciso saber na ponta da língua, de uma maneira bem honesta, traços da sua personalidade.

Entender do que você é capaz faz com que se torne um profissional com maiores chances na busca por novos desafios, uma vez que você sabe até onde pode chegar e o que precisa desenvolver para que atinja seu objetivo.

As empresas já percebam que lucro conhecimento técnico não representa 100% de um profissional para organização, e por isso o perfil comportamental dos colaboradores tem sido tão debatido. Ter capacidade técnica é de extrema importância nesse mercado de trabalho muitas vezes bem especifico, mas possuir consciência de seu perfil profissional é tão importante quanto.

O autoconhecimento é uma ferramenta de grande valia para ajudar você a crescer na profissão, muitas vezes o problema não é falta de competência da pessoa, mas estar inserido no ambiente de trabalho inadequado para o ser perfil e consequentemente realizar tarefas que não lhe dão satisfação.

Perceba que atualmente, a seleção dos candidatos dentro das organizações estão muito mais exigente. Além de responderem perguntas sobre experiências profissionais os candidatos são avaliados por testes comportamentais, atividades em grupo e entrevistas individuais onde o profissional de RH vai identificar a congruência do que está no currículo com a realidade. Esta percepção do comportamento do candidato serve para que a empresa analise se o perfil dele é adequado para o cargo disponível e principalmente se ele se enquadra na cultura organizacional.

Porem cabe ao profissional refletir sobre suas próprias características, como os pontos fortes, as limitações, talentos e habilidades. Ao se candidatar a uma nova atividade, é preciso estar consciente de seu perfil e assim analisar o quão compatível você é para que não haja prejuízo para nenhuma das partes.

Por isso o profissional dos sonhos hoje não é somente aquele que possui um currículo recheado de vasta experiência e muitos cursos na área desejada, mas sim aquele que alia tudo isso a um ótimo desempenho profissional, uma conduta adequada e muitas outras habilidades comportamentais que farão com que haja total engajamento de ambas as partes.

Lembre que as empresas perdem muito e possuem altos custos quando contratam um profissional que não se enquadra no perfil desejado, mas o candidato também pode perder muito mais, uma vez que seu tempo é preciso e que estava sendo investindo no alvo errado.

Você tem investido no seu autoconhecimento?

Acesse o link www.chawork.com.br faça o teste gratuitamente e descubra seu perfil comportamental, o que te motiva, seu ambiente de trabalho ideal, seus pontos fortes e pontos a melhorar.