Exper News - Entrevista

Entrevistado


Gildo Uliana

Exper - Para os leitores que não o conhece, fale um pouco sobre Gildo Uliana?
Gildo Uliana
- Casado, com três filhos e 5 netos. Empresário do ramo de Autopeças, pós-graduado em Administração de Empresas, Sócio e Presidente da Uliana Indústria Metalúrgica Ltda., fundada por meu pai em 1959, gerenciada por mim e meu irmão, Oswaldo Uliana. Tenho como hobby, passear com minha esposa e curtir os netos nos finais de semana.

Exper - Apesar de toda competitividade que existe no mundo corporativo, é possível subir os degraus dentro da empresa. Quais as qualidades que um profissional deve ter para impulsionar sua carreira no mercado de trabalho?
Gildo Uliana
- É possível sim, tanto é que temos colaboradores em nossa empresa que subiram vários degraus. São vários fatores que impulsionam carreiras, acredito que o profissional quando exposto a desafios desenvolve muitas qualidades, uma delas está relacionada aos “resultados” e é importante que o profissional supere todas as suas expectativas. Podemos também mencionar como qualidade o comprometimento, a flexibilidade e a ética.

Exper - Quais os recursos que a Uliana utiliza para manter-se tecnologicamente competitiva no mercado?
Gildo Uliana
- Hoje nossa área fabril conta com tecnologia de ponta desde modernas Prensas Hidráulicas e Mecânicas de até 1000 toneladas, a Robôs de Solda totalmente automatizados. Além de um sistema de tratamento superficial das peças produzidas. Uma linha de montagem dedicada, entre outros processos. Tudo para garantir padrões internacionais de qualidade exigidos pelas Montadoras.

Exper - O senhor acaba de receber o “Prêmio Industrial do Ano” como é ser agraciado com esta honraria?
Gildo Uliana
- Foi emocionante! Sempre fui uma pessoa muito simples e muitas coisas que aprendi, devo ao fundador da Uliana – Sr. Hilário Uliana “meu Pai”. Dedico esta homenagem a ele, que há 53 anos fundou esta empresa e que além do patrimônio, nos deixou uma lição de vida.

Exper - Em sua opinião, quais foram às mudanças de maior relevância que ocorreram no mundo dos negócios nos últimos anos e o que ainda esta por vir?
Gildo Uliana
- Além do crescimento da indústria da informação e a velocidade de comunicação, a maior mudança ocorrida nos últimos tempos está relacionada com a valorização do ser humano, hoje a relação trabalho x mão de obra está mais equilibrada.
Vivermos na era da globalização, o profissional aprende a buscar a informação e se atualizar a cada segundo, com isso o crescimento profissional não tem fronteiras.

Exper - Os negócios devem ser conduzidos com a razão ou com o coração?
Gildo Uliana
- Devem ser conduzidos com a razão, mas a parte humana (coração) deve influir no comportamento, principalmente no que diz respeito a função do líder. O líder deve ser influenciador, servidor, participativo e motivador.
Usar a razão e o coração é uma das principais virtudes do líder moderno.

Exper - Quais são as principais responsabilidades, atribuições e desafios que os presidentes e diretores enfrentam em seu dia-a-dia?
Gildo Uliana
- O principal desafio é manter sua equipe motivada para render o máximo e para isto a equipe deve estar bem entrosada. É importante que os gestores ouçam seus colaboradores e colegas de trabalho, para terem uma visão geral da situação e não somente restrita de cada departamento, possibilitando assim tomadas de decisões mais eficientes e eficazes.

Exper - Nos dias de hoje, ainda é possível conciliar a vida profissional e pessoal? Como isso pode ser feito?
Gildo Uliana
- Sempre foi possível conciliar a vida profissional e pessoal, uma não pode andar separada da outra, senão o sucesso fica comprometido. Levamos sim nossa vida pessoal para empresa e nossa vida profissional para casa. É inevitável. Não tenho a fórmula mágica, mas tenho como hábito preservar o convívio familiar e as amizades. Acredito estar conciliando tudo muito bem.

Exper - Muito se fala sobre o papel social das empresas. Para você o que significa Responsabilidade Social Corporativa? Isso é um modismo, uma onda, uma nova ferramenta do marketing ou uma tendência natural que veio para ficar e se desenvolver?
Gildo Uliana -
A Responsabilidade Social Corporativa, tem por objetivo ajudar a diminuir as desigualdades sociais existentes em todos os países, bem como mudar a postura ética das empresas frente a sociedade. Acredito que é uma boa prática deve permanecer e se desenvolver, porém requer mudanças culturais, exigindo que empresas e parceiros busquem soluções conjuntas, e cabe ao Governo Federal o papel principal.

Exper - Quando observamos o universo das empresas no Brasil, o que as empresas estão fazendo certo, o que pode ser melhorado?
Gildo Uliana
- As empresas brasileiras vêm ganhando cada vez mais competitividade a níveis internacionais, infelizmente a burocracia e o desperdício são os grandes vilões. É importante para o Brasil uma reforma tributária, para tornar as empresas nacionais mais competitivas no âmbito internacional.

Exper - Com a pressão por resultados ficando maior, como enfrentar e superar os dilemas éticos que encontramos a todo o momento?
Gildo Uliana
- Na verdade os países mais éticos têm melhor resultado e melhor padrão de vida do seu povo, portanto ética é “Bom e Barato”. Resultados alcançados desrespeitando a ética, são efêmeros e não sustentáveis a longo prazo.

Exper - A sustentabilidade nos negócios é possível ou se trata apenas uma utopia empresarial?
Gildo Uliana
- A sustentabilidade é a nossa maior responsabilidade com as novas gerações. O mundo não vai acabar e as novas gerações devem receber um planeta melhor. Com relação a sustentabilidade nos negócios, ela depende muito da competitividade, nas mais variadas cadeias de suprimentos e essa competitividade poderia ser bem melhor, se tivéssemos um “Custo Brasil Menor”.

Exper - Para finalizar, quais seus conselhos para aqueles jovens executivos que sonham em se tornar presidente de suas empresas? Essas dicas também valem para as jovens executivas?
Gildo Uliana
- Para os jovens executivos (as) meu conselho é que invistam na sua formação acadêmica, sejam pessoas de fácil relacionamento e pratique uma competitividade saudável, respeitando seus semelhantes.
Cabe ressaltar que o crescimento feminino nas empresas veio para ficar e veja, as mulheres são bons exemplos para responder sua pergunta; trabalham bastante, são comprometidas com resultados, são éticas, buscam qualificação acadêmica, têm maior capacidade de ouvir e sobrevivem melhor em tempos de crises.