Exper News - Gestão Empresarial

Gestão Empresarial

 


Por dentro do mundo da logística

por Lucineide Cruz

A palavra Logística é de origem grega, o termo logos, significa razão, também vem do francês “logistique” que era o nome dado à parte especulativa da ciência das armas. Esse termo era muito utilizado por militares durante as guerras, significava alojar, transportar, armazenar, abastecer e distribuir vários tipos de materiais. Segundo Dias (2012), com o passar dos anos ganhou um significado mais amplo, passou a designar o ato de administrar o fluxo de materiais e produtos, da fonte para ousuário.Logística atualmente é um termo utilizado para várias situações,é divulgado por diversas organizações e principalmente pelo segmento dos transportadores rodoviários.

Para Novaes (2007, p. 38), logística é:

O longo caminho que se estende desde as fontes de matéria-prima, passando pelas fábricas dos componentes, pela manufatura do produto, pelos distribuidores e chegando finalmente ao consumidor constitui a cadeia de suprimentos.

A logística é responsável por administrar e coordenar os recursos utilizados para a movimentação de equipamentos e materiais das empresas, além de coordenar a compra, armazenagem, transporte edistribuição.

Segundo a Associação Brasileira de Movimentação e Logística - ABML e a Associação Brasileira d eLogística–ASLOG, apud Dias(2012), Logística é uma parte da cadeia de abastecimento que gerencia com eficácia o fluxo e armazenagem de bens, serviços e informações, desde o ponto de origem até o consumidor final,visando satisfazer as exigências dos consumidores.

A logística está relacionada ao comércio que é um dos responsáveis pelo crescimento e desenvolvimento da humanidade. Ela é importante e necessária desde a antiguidade. É fundamental em qualquer segmento do mercado, porque para qualquer tipo de produto ou material, é necessário realizar uma compra, um transporte, enfim, uma movimentação. Porém a logística vai muito além desse segmento, e possui variações e objetivos bemamplos.

Com a expansão do mercado e o avenço tecnológico, o conceito de logística ganhou várias vertentes, que envolvem aspectos externos às organizações, relacionados a fornecedores e clientes.

LogísticaEmpresarial

A logística Empresarial, é um conceito consideravelmente novo no Brasil, teve início na década de 90, apesar de que todas as organizações sempre desenvolveram atividades de transporte, distribuição e estocagem de materiais e produtos. Porém só depois que passaram a desenvolver essas atividades de forma integrada e coordenada. Dessa forma, a logística empresarial avançou de transporte, armazenagem e deposito, para nível estratégico de umaorganização.

Segundo Ballou(2006,p.26):“A logística empresarial é um campo relativamente novo do estudo da gestão integrada, das áreas tradicionais das finanças, marketing e produção”.

A logística empresarial trata-se de uma gestão coordenada de processos, que gerencia toda cadeia de suprimento, com o objetivo de apoiar as decisões estratégicas das organizações, agregar valores aos produtos e serviços, satisfazer os clientes e aumentar as vendas.

Ballou (2007, p.24) afirma o seguinte:

A logística empresarial trata de todas as atividades de movimentação e armazenagem, que facilitam o fluxo de produtos desde o ponto de aquisição da matéria-prima até o ponto de consumo final, assim como dos fluxos de informação que colocam os produtos em movimento, com o propósito de providenciar níveis de serviço adequados aos clientes a um custo razoável.

Atualmente as organizações estão cada vez mais competitivas, e milhares de produtos são lançados diariamente. Com a evolução da globalização, aumenta o ciclo de troca de produtos. De acordo com um estudo da Regensburg University, mais de 35% das lojas online possuem taxas de retorno de até 5% do total das vendas, em decorrência disso, as organizações estão se adequando a essa realidade, proporcionando atendimento diferenciado aos seus clientes, oferecendo entregas rápidas, econômicas e eficazes. Os consumidores estão cada vez mais exigentes, tanto no preço, na qualidade, quanto na rapidez de entrega. Dessa forma, as empresas enxergaram que não basta satisfazer seus clientes, é necessário encanta- los.

Para Novaes (2007), a moderna logística busca englobar prazos previamente combinados e cumpridos ao longo de toda a cadeia de suprimento, integrar todos os setores da organização, integrar parcerias com fornecedores e clientes, otimizar processos afim de reduzir custos e satisfazer os clientes oferecendo um nível de serviço preestabelecido e adequado. Portanto, a logística trata da evolução do processo que vai desde a compra da matéria prima até a entrega do produto final ao consumidor, dentro dos padrões esperados.

LogísticaReversa

A Logística reversa é responsável por gerenciar e operacionalizar o fluxo reverso de bens e materiais, após sua venda e ou consumo, ou seja, ela é responsável pelo retorno do produto, desde o ponto de consumo final até o ponto de origem. O retorno de mercadorias pode ocorrer proveniente de devoluções, classificadas como pós venda ou por descarte chamado depós-consumo.

Segundo Souza (2011, p. 1):

A Logística reversa é um processo logístico destinado a retirar produtos novos ou usados de seu ponto inicial na cadeia de suprimento […] e redistribuí-los seguindo procedimentos de gerenciamento de materiais.

Segundo o Ministério do Meio Ambiente a logística reversa é um dos instrumentos para aplicação da responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida dos produtos.

A Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) define a logística reversa como:

Um instrumento de desenvolvimento econômico e social caracterizado por um conjunto de ações, procedimentos e meios destinados a viabilizar a coleta e a restituição dos resíduos sólidos ao setor empresarial, para reaproveitamento, em seu ciclo ou em outros ciclos produtivos, ou outra destinação final ambientalmenteadequada.

Na logística reversa, existem os canais de distribuição, dentre eles existem os canais de distribuição diretos que são responsáveis pela comercialização e entrega dos produtos aos clientes e consumidores. E os canais de distribuição reversos, que são responsáveis pelo retorno de alguns produtos comercializados. Esses canais de distribuição são classificados em pós-consumo e pós-venda.

Leite (2009, p.17) define que:

Logística Reversa é a área da logística empresarial que planeja, opera e controla o fluxo e as informações logísticas correspondentes, do retorno dos bens de pós-venda e de pós-consumo ao ciclo de negócios ou ciclo produtivo, por meio dos canais de distribuição reversos, agregando-lhes valores de diversas naturezas: econômico, de prestação de serviços, ecológico, legal, logístico, de imagem corporativa, dentreoutros.

Diante do atual mercado competitivo, as organizações necessitam criar estratégias para gerenciar o processo reverso de seus produtos, pois sua imagem está totalmente relacionada a seus artigos de consumo, pois eles são a principal razão da existência da organização.

Em outra definição sobre logística reversa o autor Leite (2009), descreve que a logística reversa é responsável pelo retorno de produtos sem uso ou já consumidos de volta ao ciclo produtivo. Os produtos utilizados em condições de reutilização, produtos com defeitos ou dentro da garantia, produtos obsoletos, produtos não consumidos ou com pouco uso, todos eles podem retornar ao ciclo de negócios e recuperar algum valor.

A logística reversa é um assunto bem amplo que engloba várias definições, por isso, autores como Souza e Fonseca (2011) relatam que o conceito de logística reversa está em constante evolução, devido às inovações nos negócios relacionadas ao crescente interesse empresarial. De modo geral, a logística reversa está em constante desenvolvimento com mundo global, inovando nos seus processos e conceitos a fim de acompanhar os avanços tecnológicos.

Referências

BALLOU, Ronald H. Autor 1 Transportes, administração de materiais e distribuição física: Logística Empresarial. 1. ed. Edição Brasil: Local de publicação Atlas, Editora 2007.

BALLOU, Ronald H. Autor 1 Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos: Logística Empresarial. 5. ed. Edição Brasil: Local de publicação ARTMED, Editora 2006.

DIAS, Marco Aurélio. Logística, transporte e infraestrutura: armazenagem, operador logístico via TI, multimodal. São Paulo: Atlas, 2012.

LEITE, Paulo R. Logística Reversa: meio ambiente e competitividade – São Paulo: Pearson Prentice Hall / Pearson Education do Brasil, 2009.

LEITE,PauloRoberto.LogísticaReversa:NovaáreadaLogísticaEmpresarial.São Paulo.

NOVAES, Antônio Galvão. Logística e gerenciamento da cadeia de distribuição. 3º ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2007.

SOUZA, S. F.; FONSECA, S. U. L.; Logística reversa: oportunidades para redução de custos em decorrência da evolução do fator ecológico - Disponível em:<www.ead.fea.usp.br/Semead/11semead/resultado> Acesso em: 11/ 05/ 2016.

_________________________________________________________________

[1] Almir Eduardo da Silva, formado em administração na Faculdade JK.

Sabrina Ponce de Sousa, formada em administração na Faculdade JK.

Lucineide Cruz, coautora do Livro Gestão de Pessoas: manual de rotinas trabalhistas e do Livro Gestão de Talentos, professora na Faculdade JK.