Exper News - Gestão Empresarial

Gestão Empresarial

 


Está na hora de começar o planejamento para 2018

por Cristiano Diehl Xavier

Já estamos no segundo semestre do ano e, portanto, é hora de analisar o desempenho da sua empresa e programar os passos para 2018. É importante registrar todos os movimentos para avaliar os resultados obtidos e não esperar dezembro para fazer este planejamento, pois o trabalho é grande. Principalmente porque muitas mudanças ocorreram em 2017 e ainda acontecerão no cenário político, econômico e tributário até o final deste ano. Por isso, além de olhar para dentro da empresa, é relevante observar e analisar o mercado e planejar o futuro a partir das informações que se tem em mãos.

A taxa Selic, que estava em 14,25%, hoje está em 8,25% devendo chegar a 7,5% no final deste ano. Isso exigirá que a taxa de juros real também caia e significa possibilidade de crédito mais aberto. Lembre-se também que a reforma trabalhista mudará as relações com seus colaboradores. Tenha em mente que o Simples Nacional terá novo formato a partir de 1 de janeiro de 2018 e ampliará o limite de receita para adesão ao regime tributário, alterando o enquadramento de vários setores e disciplinando o pagamento de dívidas por empresas participantes. E a reforma tributária pode ser aprovada e o País terá, neste caso, taxação maior sobre renda e patrimônio.

Alguns simples passos podem auxiliar na organização e planejamento para o próximo ano. A começar pela lista de tarefas pendentes, quais estão em andamento e as que precisam de ajustes para fechar o ano.

Outro passo importante é conversar com os colaboradores. Isso possibilita avaliar, sob outras perspectivas, os pontos fracos e fortes da administração, além de interagir com a equipe, obter índices de desempenho e ganhar tempo para redefinir a gestão de pessoas. Aliás, ouvir colaboradores, clientes e fornecedores deve ser atitude constante, mas pode ser intensificada neste período para avaliar a performance da empresa com base na satisfação de seus públicos e já planejar estratégias de fidelização e engajamento.

Ter o controle diário de todos os processos para avaliar o retorno dos investimentos e acompanhar a performance da empresa permite traçar estratégias para aprimorar resultados, reavaliar o negócio e estabelecer novas metas. É bom evitar transtornos e correrias lá em dezembro e deixar tudo planejado desde já. Além disso, a perspectiva dos especialistas é de que 2018 seja o ano em que o Brasil voltará a crescer, ainda que sem a compensação do PIB per capita. E sua empresa precisa estar organizada para aproveitar o cenário mais otimista.