Carro elétrico de estudantes bate recorde mundial de aceleração

fonte Inovação Tecnológica- foto ETH Zurich/Alessandro Della Bella

Em menos de 30 metros o recorde de aceleração foi detonado, deixando qualquer carro superesportivo de série na poeira.

Um carro de corrida elétrico construído por estudantes de engenharia quebrou novamente o recorde mundial de aceleração.

O veículo acelerou de 0 a 100 km/h em 1,513 segundo.

Para alcançar os 100 k/h ele precisou percorrer menos de 30 m da pista na base aérea Dubendorf, perto de Zurique, na Suíça.

Nenhum carro de produção em larga escala - nem mesmo com o mais potente motor a combustão - consegue chegar a uma aceleração comparável.

O carro elétrico da Fórmula Estudante - chamado Grimsel - foi desenvolvido e construído em menos de um ano por uma equipe de 30 estudantes da Escola Politécnica de Zurique (ETH) e da Universidade de Lucerna.

O recorde anterior era de 1,779 segundo, batido no ano passado por uma equipe da Universidade de Stuttgart, na Alemanha. Uma versão anterior do Grimsel já havia sido recordista, com 1,785 segundo.

Formula Student

Graças à utilização de fibra de carbono, o Grimsel pesa apenas 168 kg. Ele possui tração nas quatro rodas, com um motor elétrico no cubo de cada roda, capazes de gerar 200 cv e 1.700 Nm de torque.

Além da motorização, foi essencial um sistema de controle de tração, que regula o desempenho de cada roda individualmente, permitindo otimizar ainda mais a aceleração do carro.

Com mais de 500 equipes competindo, a Fórmula Estudante é a maior competição mundial para estudantes de engenharia e acontece todos os anos em corridas ao redor do mundo. A versão 2016 ocorrerá de 14 a 17 de Julho na pista de Silverstone, na Inglaterra.