Exper News - Negócios

Negócios

 


PMI brasileiro aponta para estabilização da economia

fonte Ciesp/Fiesp

O Instituto Markit divulgou o Índice de Gerência de Compra (PMI) Composto do Brasil referente ao mês de julho. Segundo as informações divulgadas no relatório, o PMI Composto (que abrange a indústria e o setor de serviços) registrou alta na comparação com o mês anterior, passando de 42,3 pontos em junho para 46,4 pontos em julho. O resultado é a marca mais alta desde março do ano passado, embora ainda se encontre abaixo da marca de 50,0 pontos, caracterizando contração (em menor intensidade).

O PMI de Serviços subiu de 41,4 em junho para 45,6 pontos nesta leitura, atingindo o maior patamar desde março de 2015. Foram observados declínios mais brandos em cinco das seis categorias monitoradas, enquanto as atividades de intermediação financeira apresentaram crescimento pela primeira vez em quase um ano e meio. No que tange ao PMI Industrial, o índice do mês de julho chegou a 46,0 pontos, ante 43,2 apresentado no mês anterior. Esse resultado representa a quarta alta seguida.

Conforme diz o relatório, há ainda incertezas quanto uma possível recuperação, muito embora os resultados recentes tenham apontado que a economia está trilhando este caminho.