Exper News - Negócios

Negócios

 


Caixa busca negócios sociais para investir até R$ 200 mil

fonte Startupi

Caixa e a Artemisia lançaram nessa semana o programa “Desafio de Negócios de Impacto Social – Educação Financeira e Serviços Financeiros para Todos”, que vai selecionar em todo país negócios com soluções inovadoras em serviços financeiros para a população de baixa renda.

Para a primeira etapa, serão eleitos no máximo 15 negócios que receberão até R$ 15 mil cada para testes e refinamento do modelo de negócio. Na segunda etapa, cinco empreendedores serão selecionados e receberão até R$ 200 mil para pilotarem as soluções no público beneficiário. As inscrições podem ser feitas até 30 de outubro pelo site.

O Desafio tem alto potencial de impacto social por meio da inclusão financeira de milhares de pessoas da população de menor renda. O objetivo da iniciativa é mudar a realidade de muitos brasileiros por focar em um setor estruturante para transformação do país via inclusão financeira. O recurso de apoio ao projeto tem origem no Fundo Socioambiental Caixa, que recebe até 2% do lucro líquido da empresa e os destina para ações e projetos estruturantes de caráter socioambiental alinhados à promoção do desenvolvimento sustentável, da inclusão social e da cidadania.

São elegíveis empreendedores de todo o Brasil que apresentem soluções já validadas no mercado ou em fase de validação, focados em educação financeira, produtos ou serviços financeiros.

Para Jean Rodrigues Benevides, gerente Nacional de Sustentabilidade e Responsabilidade Socioambiental da Caixa, o desafio de promover a inclusão financeira de forma sustentável é elevado e exige um conjunto de ações inovadoras. “A Caixa decidiu apoiar a aceleração de negócios de impacto social para buscar soluções inovadoras e escaláveis para melhoria contínua do relacionamento e dos negócios com nossos clientes, especialmente a população de baixa renda”, declara.

O programa, correalizado com a Caixa, tem como objetivo apoiar empreendedores com o forte compromisso de impacto social para criação de uma nova geração de soluções financeiras que atendam às necessidades da população de menor renda no Brasil. “É um dos maiores programas da história da Artemisia e esperamos como resultado o altíssimo impacto social por meio da inclusão e educação financeira de milhares de pessoas da população de menor renda. Acreditamos na vocação dessa iniciativa para mudar a realidade de muitos brasileiros, por focar em um setor estruturante para transformação do país, que é o setor de serviços financeiros”, afirma Maure Pessanha, diretora-executiva da Artemisia.

Impacto social

Na prática, a Artemisia e a Caixa compartilham a visão de que a inclusão financeira se estabelece não apenas pela democratização do acesso, mas pelo uso eficiente de serviços financeiros por parte da população – especialmente pelas pessoas de baixa renda. Neste contexto, buscam empreendedores que tenham o real comprometimento com o impacto social e intenção genuína de mudar o Brasil para melhor.

A expectativa dos parceiros é que, ao final do processo, existam soluções escaláveis e acessíveis à população de baixa renda, capazes de ampliar a educação e a inclusão financeira. O programa é uma oportunidade de os empreendedores focados em serviços financeiros se aproximarem de uma organização referência no tema, como a Caixa – que detém robusta expertise no que se refere ao público de menor renda. Além de receberem o apoio da Artemisia, para o refinamento de impacto social de suas soluções.

A meta é que esses empreendedores possam avançar nas soluções – com oportunidade de validarem suas hipóteses e testar “pilotos” com o público beneficiário – e, com isso, ter soluções adequadas para impactar a vida de muitos brasileiros. O recurso de apoio ao projeto origina-se do Fundo Socioambiental Caixa, que recebe até 2% do lucro líquido da empresa e os destina para ações e projetos estruturantes de caráter socioambiental alinhados à promoção do desenvolvimento sustentável, da inclusão social e da cidadania.